Sábado, 26 de Julho de 2008

Ouvi no outro dia um qualquer comentador de televisão dizer que se Esmeralda (a do caso) decidir indemnizar o Estado aos 18 anos vai ter dinheiro para o resto da vida. O que é verdade. Vejo ainda Robert Murat na televisão, que tem promovido juntamente com o seu fiel advogado, indemnizações a toda e mais alguma pessoa que o acusou de raptor. São dois casos diferentes: primeiro uma menina que vê a sua vida parada e que vive num impasse já há seis anos; depois um homem que viu a sua reputação pessoal e profissional arruinada por afirmações incertas da Polícia, da Imprensa e do povo. A solução para estes dois dramas será dinheiro. As marcas ficam lá, na cabeça, nas atitudes e nas opiniões sobre eles, mas o dinheiro chega como o antídoto infalível. Compensa, e a Lei está de acordo com esta Filosofia.



publicado por b barbosa às 11:20 | link | comentar

13 :
De cinemamaster a 26 de Julho de 2008 às 18:04
Pois agora as indemnizações são uma moda, é isso e escrever livros sobre casos mediáticos ,ora bem foi a do Caso de Esmeralda, do Valentim Loureiro, da Madie , Carolina Salgado, do caso da Joana... Se isto continua a sim até a comunidade cigana vai escrever um livro por causa do tiroteio da Quinta das Fontes em Loures. " O tiro no Lazaros cigano " ou o meu favorito " A put@ da câmara de Loures não nos dá casas de cinco estrelas de graça!!!"


De b barbosa a 26 de Julho de 2008 às 18:37
Até me podem indemnizar a mim, por andar a postar porcarias na Internet.


Comentar post