Sábado, 26 de Julho de 2008

Ouvi no outro dia um qualquer comentador de televisão dizer que se Esmeralda (a do caso) decidir indemnizar o Estado aos 18 anos vai ter dinheiro para o resto da vida. O que é verdade. Vejo ainda Robert Murat na televisão, que tem promovido juntamente com o seu fiel advogado, indemnizações a toda e mais alguma pessoa que o acusou de raptor. São dois casos diferentes: primeiro uma menina que vê a sua vida parada e que vive num impasse já há seis anos; depois um homem que viu a sua reputação pessoal e profissional arruinada por afirmações incertas da Polícia, da Imprensa e do povo. A solução para estes dois dramas será dinheiro. As marcas ficam lá, na cabeça, nas atitudes e nas opiniões sobre eles, mas o dinheiro chega como o antídoto infalível. Compensa, e a Lei está de acordo com esta Filosofia.



publicado por b barbosa às 11:20 | link | comentar

13 :
De b barbosa a 26 de Julho de 2008 às 13:18
É uma bela forma de ganhar negócio e o mais ridículo é que até podia resultar.


De shark a 26 de Julho de 2008 às 13:51
Sou um assumido desmamado precoce.
Onde é que devo dirigir-me para apresentar o pedido de indemnização por danos morais?


De b barbosa a 26 de Julho de 2008 às 14:34
Nem sei.


De shark a 26 de Julho de 2008 às 16:05
Nem eu. Mas à cautela liguei o piloto automático e ele aponta sempre na mesma direcção...


De b barbosa a 26 de Julho de 2008 às 16:25
Qual?


De shark a 26 de Julho de 2008 às 17:52
A melhor e mais adequada, como compete a um sistema automático de navegação.


De b barbosa a 26 de Julho de 2008 às 18:37
Ah....


Comentar post