Sexta-feira, 4 de Julho de 2008

Não existe no mundo quem não conheça o papão. Afinal, o papão é a forma mais eficiente de colocar crianças na cama sem que estas possam começar com as suas aborrecidas birras e alarmantes guinchos juvenis (estão demasiado assustados para isso). Mas é algo irónica a forma como se fala do papão às crianças: "vai dormir e adormece depressa senão o papão vem aqui para te comer". Como é que se pode esperar que alguém adormeça depois disto? Se eu não durmo, o papão come-me, mas se eu adormecer, quem me garante que não me come na mesma? As crianças acabam por adormecer, se bem que com um receio que seria talvez desnecessário deste monstro lendário. E a única consolação para elas, é que também os adultos têm os seus medos antes de adormecer: não do papão, mas de aspectos tão aterradores na sociedade como o desemprego, o preço dos combustíveis e o carjacking.



publicado por b barbosa às 11:27 | link | comentar

5 :
De Tenrinho a 7 de Julho de 2008 às 08:52
Eu acho que a figura do papão foi desmistificada quando fizeram o filme "Monsters, Inc.". Dizer que o polícia vem para prender também já não resulta... A próxima vez que a minha sobrinha fizer birra, digo-lhe que vem aí o Sócrates a correr!


De b barbosa a 7 de Julho de 2008 às 11:18
O Sócrates tem realmente algo de muito medonho...


Comentar post